Logo da Acessibilidade Brasil
Atalho para Conteudo 
Recursos de acessibilidade seta vai para o início >  
vai para conteúdo >  
vai para o fim >  

Página inicial > > Considerações sobre o sistema de cotas para o trabalho de pessoas com deficiência
 
  Logo da Rede Rio com link para seu site
Estamos conectados
na internet através
da Rede Rio

Imprensa
 

Considerações sobre o sistema de cotas para o trabalho de pessoas com deficiência


Data: 01-04-2006

Rádio Senado - Programa Necessidades Especiais – Wladimir Spinosa - 21/03/2006

A lei determina que as empresas com mais de 100 funcionários reservem de 2 a 5% para pessoas com deficiência. O não cumprimento dessa lei prevê multa de R$1 mil diante de cada funcionário não contratado - penalidade que as empresas procuram evitar, devido à cada vez mais atenta fiscalização das Delegacias Regionais do Trabalho.

Embora admita que a lei de cotas possa ajudar às pessoas com deficiência, Lira observa seu insuficiente detalhamento e realismo, diante de duas questões: “Uma é a falta de capacitação de muitas pessoas com deficiência para determinadas tarefas. Outra é o desinteresse da maioria das empresas em agregar valor aos cargos oferecidos.”

Ele considera que essa falta de capacitação decorre de um sistema escolar falho e excludente que vigorou até pouco tempo, no qual o aluno que apresentasse alguma deficiência era marginalizado e perdia a oportunidade de aprender e de capacitar-se. Em conseqüência, muitos apresentam baixa escolaridade e ficam impossibilitadas de participar do mercado de trabalho.

São problemas agravados pelo despreparo da própria sociedade para tratar a questão da acessibilidade. Guilherme considera selvagens as cidades para a pessoa com deficiência: “ A sociedade ignora as necessidades destas pessoas, pois não convive com elas - que não encontram meios para se locomover e nem de aparecer. Basta observarmos transportes, hotéis e restaurantes, sem rampas ou plataformas de acesso.”

“Na área digital”, continua Guilherme, “também há uma grande distância entre a realidade e o cumprimento das leis que regulamentam a garantia de acessibilidade. O próprio governo deixa de dar o exemplo: apenas 1% dos seus 3000 sites, com milhões de páginas, podem ser acessados por pessoas surdas, cegas ou com deficiência motora.”

O Senado, segundo Wladimir, tem uma posição inversa, pois seu site é adaptado. Conta com uma Comissão de acessibilidade, e já providenciou rampas e carrinhos elétricos. Entre seus projetos, estão a criação de uma equipe de Libras e de uma audioteca.

Guilherme espera que, a exemplo do que ocorreu nos EUA na década de 60, esse sistema alcande resultados, pois os números são alarmantes: enquanto na Espanha há 40% de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, em nosso país esse grupo chega apenas a 10%. E conclui: “O sistema de cotas pode ser um impulso, uma força especial, até que a sociedade reveja algumas questões básicas sobre o direito da pessoa com deficiência”.

Fonte: www.senado.gov.br/radio

 
Busca na seção

Últimas Notícias
I Seminário Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologia - SAIT 2012 

Prêmio Finep para Tecnologia Assistiva 

Acessibilidade Brasil completa 10 anos de existência 

Bradesco Seguros lança seu site acessível 

Dados censitários são uma das principais causas do fracasso das políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência 

Destaques
Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência  

Revista de Inclusão Social do MCT publica projeto da Biblioteca Nacional 

Metodologia de Atendimento e Acesso de Pessoas com deficiência a telecentros - parte1 

Metodologia de Atendimento e Acesso de Pessoas com deficiência a telecentros - parte2 

Jogos Parapan-americanos reunirão 1300 atletas de 10 modalidades 


Selos acessíveis

Selo de aprovação de acessibilidade pela Acessibilidade Brasil

Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0

Parceiros
Logo do Governo Eletrônico

Logo da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos

Ministério do Trabalho e Emprego

Logo do Sicorde - Sistema Nacional de Informações Sobre Deficiência

A UNESCO chancela os projetos dos telecentros acessíveis e do livro fonado além da disseminação da acessibilidade na web

Ministério da Ciência e Tecnologia