Logo da Acessibilidade Brasil
Atalho para Conteudo 
Recursos de acessibilidade seta vai para o início >  
vai para conteúdo >  
vai para o fim >  

Página inicial > > Computadores para os especiais
 
  Logo da Rede Rio com link para seu site
Estamos conectados
na internet através
da Rede Rio

Imprensa
 

Computadores para os especiais


Data: 16-05-2006

Inaugurado em Taguatinga, local é o primeiro do País a oferecer o serviço

O mecânico Nivaldo Alves de Santos, 58 anos, começou a perder a visão com 33 anos de idade e, há dois, não enxerga mais nada. Há um mês ele começou a freqüentar aula de digitação no Centro de Apoio ao Deficiente Visual (CDV).
Mas não havia outro lugar onde ele pudesse utilizar o computador com um programa de adaptação à sua necessidade. “Eu estava totalmente fora da realidade do desenvolvimento tecnológico que temos hoje”, disse Nivaldo.
Ontem, ele fez questão de participar da inauguração do primeiro Telecentro do País, em Taguatinga, adaptado com computadores para atender a portadores de qualquer tipo de necessidade especial. “Vim conhecer porque nunca ouvi falar em algo parecido”, disse, animado.

O Telecentro Acessível é um programa da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Acessibilidade Brasil em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O investimento total foi de R$ 720 mil. No Telecentro, qualquer pessoa que tiver um cadastro pode ter acesso aos 25 computadores disponíveis no local. “Os monitores estão preparados para ajudar no manuseio das máquinas e também a atender às necessidades de cada pessoa, com deficiência ou não”, disse o presidente da Acessibilidade Brasil, Guilherme Lira.

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, também esteve presente no evento de inauguração. “O trabalho e o emprego são os itens primordiais para a inclusão social dos portadores de deficiência física. Com o acesso facilitado às novas tecnologias surge uma nova oportunidade de capacitação”, afirmou.
A coordenadora do Programa de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais (PPNE) da Universidade de Brasília (UnB), Patrícia Neves Raposo, ressaltou a carência de programas voltados aos deficientes físicos. “Todos os programas sociais deveriam levar em conta as necessidades dos deficientes físicos, assim como o Telecentro”, disse.

No local, há faixas de identificação, para que deficientes visuais tenham mais independência ao se locomover de uma sala para outra, e computadores com teclados especiais, para quem não tem muita mobilidade com as mãos e braços. “A adaptação é completa e vai desde ligar o computador até a navegação na internet e nos seus programas”, garantiu a terapeuta desenvolvimentista Ivalda Gomes.

Segundo Guilherme Lira, o Telecentro de Taguatinga servirá de modelo para a elaboração de uma cartilha para adaptações de outros telecentros às necessidades de portadores de necessidades especiais. “Este será a sede modelo onde, com a experiência que tivermos, será elaborada uma metodologia de como lidar com deficientes físicos”, disse Lira.
Mais informações sobre o Telecentro podem ser obtidas pelos telefones 3201-0069 e 3201-0067.

Fonte: Tribuna do Brasil – Paula Oliveira – 11/05/2006




 
Busca na seção

Últimas Notícias
I Seminário Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologia - SAIT 2012 

Prêmio Finep para Tecnologia Assistiva 

Acessibilidade Brasil completa 10 anos de existência 

Bradesco Seguros lança seu site acessível 

Dados censitários são uma das principais causas do fracasso das políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência 

Destaques
Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência  

Revista de Inclusão Social do MCT publica projeto da Biblioteca Nacional 

Metodologia de Atendimento e Acesso de Pessoas com deficiência a telecentros - parte1 

Metodologia de Atendimento e Acesso de Pessoas com deficiência a telecentros - parte2 

Jogos Parapan-americanos reunirão 1300 atletas de 10 modalidades 


Selos acessíveis

Selo de aprovação de acessibilidade pela Acessibilidade Brasil

Level Triple-A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0

Parceiros
Logo do Governo Eletrônico

Logo da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos

Ministério do Trabalho e Emprego

Logo do Sicorde - Sistema Nacional de Informações Sobre Deficiência

A UNESCO chancela os projetos dos telecentros acessíveis e do livro fonado além da disseminação da acessibilidade na web

Ministério da Ciência e Tecnologia